Oinício das audiências de julga-mento dos arguidos acusados de envolvimento no desfalque na Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) inicialmente previsto para sexta-feira, na 7.ª Secção do Tribunal Judicial da Cidade de Maputo, acabou adiado sine die.

Em tempos foi tida como uma das melhores estradas do país, mas o volu-me do tráfego aumentou, a degradação acentuou e as intempéries naturais, incluindo as cheias que se seguiram ao ciclone Idai, fizeram das suas. Graças a um investimento de 410 milhões de dólares, a Estrada Nacional Número 6 (EN-6) rejuvenesceu e está apta a contribuir para o desenvolvimento nacional.

Em dia dedicado a inaugurações de importantes infra-estruturas, o Chefe de Estado, Fili-pe Nyusi, procedeu à entrega de um sistema de abastecimento de água à população da sede do distrito de Vanduzi, na província central de Manica, o qual vai beneficiar cerca de 12.500 habitantes de seis bairros com um grande potencial de ser estendido para mais bairros e servir a mais de 50 mil pessoas.

Haverá, dentro em breve, novos desenvolvimentos no processo atinente à responsabilização financeira dos suspeitos de se terem beneficiado, ilicitamente, do dinheiro das dívidas não declaradas. Com efeito, o Tribunal Administrativo (TA) garante que dispõe de elementos que permitem notificar, dentro em breve, os implicados para julgamento.

Page 1 of 2

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,72 62,95
ZAR 4,18 4,26
EUR 68,69 70,06

18.10.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 769 visitante(s) ligado(s) ao Jornal