Cultura (138)

“Lágrimas de Moçambique por Cabo Delgado” é o título de uma trilha sonora apresentada publicamente há dias na cidade da Beira, província de Sofala.
Estar ao seu lado é um privilégio, pois uma das suas qualidades é proporcionar o bem-estar aos outros. Tem o dom de “cutucar” o sorriso…
Terminou na sexta-feira o MITO – Mostra Internacional de Teatro do Oprimido –, actividade integrada nas celebrações dos 20 anos da fundação do Centro de…
Natural de Nampula, Hermelinda Simela faz parte do grupo de artistas que nasceu e vive na arte. Com 23 anos de carreira, observa o passado…
– Carlos Bavo, director geral adjunto do ISArC OInstituto Superior de Artes e Cultura (ISArC) é uma instituição pública de ensino superior que nasceu em…
A nossa viagem pelo mundo das artes escalou a província de Inhambane, parte deste belo país, conhecida como Terra de boa gente. E lá fomos…
O Centro de Teatro do Oprimido (CTO-Maputo) assinala a 16 de Julho corrente 20 anos de existência activa. De facto, foi há duas décadas que…
A pandemia do novo coronavírus veio para sufocar todos os sectores. A dança, tal como as outras manifestações culturais, não escapou ao aperto que se…
Caiu ontem o pano sobre o Festival KaNyaka com a entrega de prémios aos vencedores dos diversos concursos promovidos no âmbito das celebrações dos 21…
As Real Divas, banda moçambicana constituída por um trio, lançaram recentemente o single “Onde Falhei”.
Page 1 of 14