Moçambique fortalece parceria económica com União Europeia

 

O Ministério da Indústria e Comércio (MIC) e a União Europeia (UE) “sentaram” à mesma mesa sexta-feira, na cidade da Beira, em Sofala, para actualizar e discutir o plano operacional de implementação e fortalecimento do Acordo de Parceria Económica.

O evento decorreu de forma híbrida, sob o lema “Exportação e Investimentos na época da covid-19”, e contou com a presença do ministro da Indústria e Comércio, Carlos Mesquita, o embaixador da Delegação da União Europeia em Moçambique, António Sánchez Benedito Gaspar, membros do governo provincial, parceiros, empresários, entre outros.

Segundo Carlos Mesquita, o encontro visava potenciar, profissionalizar e modernizar a capacidade das Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) nacionais, fomentar a industrialização, promover a digitalização do comércio e massificar o acesso à informação do mercado internacional, oportunidades de negócios e investimentos.

O Acordo de Parceria Económica (APE) entre Moçambique e a UE dura há quatro anos e estabelece um novo regime de cooperação económica e comercial no que respeita às opções de acesso ao mercado, permitindo que Moçambique exporte para os países da UE livre de quotas e direitos aduaneiros. Leia mais...

 

Texto de Eduardo Changule

Classifique este item
(0 votes)