NATAÇÃO: Tubarões reclamam da morosidade na reabertura das piscinas

A direcção do Clube de Natação Tubarões de Maputo, concessionário das piscinas Raimundo Franisse e Secundária Estrela Vermelha, mostra-se preocupada com a demora de autorização para o reinício das actividades, com maior destaque para a formação e treinos dos atletas tendo em vista a sua participação em competições nacionais e internacionais.

Há casos de atletas que se treinavam com o objectivo de atingir os tempos mínimos para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Outros tinham como principal alvo conquistar os campeonatos da Cidade de Maputo e Nacional.

O clube tem inscritos para a presente época 110 atletas, dos quais 70 masculinos e 40 femininos, distribuídos por diferentes escalões, desde iniciados, juvenis, juniores a seniores. No entanto, há dúvidas se poderão continuar este ano no clube.

Noutros anos, por estas alturas, os atletas estariam a treinar e as escolas em fase acelerada do cumprimento dos programas de formação. A covid-19 impede que esse cenário se repita este ano. Normalmente, a época de natação arranca no mês de Agosto, e o campeonato da cidade de Maputo disputa-se no final do mês de Novembro. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)