Lançado Festival KaNyaka

A ilha de Inhaca entra no roteiro artístico de Moçambique e do mundo por intermédio do Festival KaNyaka, lançado, este fim-de-semana, naquela solarenga terra insular de Maputo, no quadro da celebração do 21.º aniversário da elevação daquela parcela de terra à categoria de distrito municipal.

Uma mostra de artesanato produzida por artesãos locais, uma feira de saúde, diversas actividades artísticas, nomeadamente danças tradicionais – pelos grupos N’hluvuku e Xissaizana –, uma maratona e corridas de canoas e barcos à vela completaram a programação do lançamento deste festival que se espera movimente não só os insulares como também os turistas e outros cidadãos nacionais. A cerimónia de lançamento foi honrada pela presença de Carlos Nhaca, régulo da ilha, que saudou os participantes e destacou a importância das artes e cultura para a preservação dos valores tradicionais e para o desenvolvimento comunitário em harmonia.

Por sua vez, Shlesia Mabui, em representação da autarquia de Maputo, disse que o Festival KaNyaka, embora esteja a ser lançado num período particularmente difícil por causa da pandemia do novo coronavírus, deve também servir para a educação cívica das populações em torno das questões candentes na ilha. Leia mais...

Texto de Belmiro Adamugy

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)