Mulher celebrada culturalmente

Música, fotografia, literatura e exposições serviram de meio para homenagear a mulher moçambicana culturalmente, por ocasião das festividades do 7 de Abril, Dia da Mulher Moçambicana.

O Camões-Centro Cultural Português em Maputo e a Associação Cultural Scala apresentaram, de 3 a 7 de Abril, o projecto denominado “De Mulher Para Mulher”.

Segundo os mentores da ideia, o objectivo era prestar uma emocionante e particular homenagem às mulheres moçambicanas.

Exibido através das redes sociais: Facebook e Instagram, a força e o papel fundamental da mulher moçambicana na construção de uma sociedade mais justa, consciente, livre de discriminação e de injustiças foi apresentada de forma poética. “Neste mês, da Mulher, quisemos juntos celebrar os desafios, alegrias, e as emoções de muitas mulheres moçambicanas que diariamente desempenham os seus vários papéis: mãe, esposa e trabalhadoras. A curadoria conjunta deste projecto centrou a sua escolha em 10 poemas essenciais de autoras renomadas como Glória de Sant’Anna, Noémia de Sousa, Paulina Chiziane, Ana Mafalda Leite, Lica Sebastião, Sónia Sultuane, Melita Matsinhe, Hirondina Joshua, Deusa d’África e Énia Lipanga. Elas emprestaram as suas palavras a outras mulheres moçambicanas, escolhidas para declamar e participar nesta inédita iniciativa que junta mulheres com diferentes perfis e grandes nomes da literatura”, afirmam os organizadores. Leia mais...

TEXTO DE FREDERICO JAMISSE

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)