Marrocos pode fabricar vacinas contra covid-19

O Reino de Marrocos procedeu, recentemente, ao lançamento e à assinatura de convenções relativas ao fabrico local de seringas, vacinas anti-covid-19, e outras vacinas.

Este projecto irá dotar o Reino de Marrocos de capacidades industriais e biotecnológicas completas e integradas, dedicadas ao fabrico de vacinas em solo africano.

O objectivo é promover a auto-suficiência do Reino de Marrocos e torná-lo uma plataforma de biotecnologia líder à escala do continente africano, no domínio da indústria farmacêutica “fill & finish”.

Fruto de uma parceria público-privada, este projecto visa iniciar a produção em Marrocos, em curto prazo, de 5 milhões de doses da vacina anti-covid-19 por mês, antes de aumentar gradualmente esta capacidade a médio prazo.

Com um investimento global de 500 milhões de dólares americanos, este projecto foi objecto de importantes acordos entre o Estado Marroquino e o Grupo Farmacêutico Nacional da China (SINOPHARM), e um segundo com a empresa RECIPHARM (Suécia).

O projecto de fabrico de vacinas anti-covid-19 no Marrocos vai fortalecer a soberania sanitária deste país e, mais além, do continente africano. Irá consolidar a segurança sanitária de África e limitar o impacto dos choques relacionados com os riscos globais para a saúde e dependências externas.

Classifique este item
(0 votes)