DEPOIS DA SÚBITA VALORIZAÇÃO DE MARÇO: Metical volta à posição de equilíbrio

Depois de uma valorização surpreendente de 74 para 55 Meticais por unidade de dólar norte-americado verificada em Março, a moeda nacional volta a desvalorizar- -se no gráfico cambial rumo à posição de equilíbrio com a economia real, posicionando- -se presentemente em torno dos 60 Meticais.

Segundo economistas ouvidos pelo domingo, a valorização verificada resultou, em parte, do fortalecimento da capacidade de captação de divisas, com destaque para o dólar norte-americano, devido ao início das actividades de exploração de gás na bacia do Rovuma.

A apreciação do Metical também observou-se como resultado de uma combinação de factores internos e externos, e não constitui necessariamente um mérito exclusivo das medidas restritivas adoptadas pelo Banco Central aquando da sua intervenção no ano passado com vista a fazer frente aos efeitos nefastos da pandemia da covid-19.

Entre os factores internos destaque vai para o agravamento das taxas directoras determinado pelas recentes sessões de Comités de Política Monetária (CPMO) do Banco de Moçambique, o que condicionou a redução da procura pela moeda externa para realização de importações de bens e serviços. Leia mais...

Texto de Angelina Mahumane e Eduardo Changule

Classifique este item
(0 votes)