Print this page

Esta decisão não foi fácil

Agosto 08, 2020 766

- Filipe Nyusi anuncia retoma faseada da economia a partir de 18 de Agosto

Desde ontem Moçambique entrou em mais trinta dias de estado de emergência que deverá durar até 23 horas e 59 minutos de 6 de Setembro.

O Presidente da República, Filipe Nyusi, justifica-o na necessidade de “se tomarem inadiáveis providências adicionais no quadro das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), orientadas pelo interesse supremo de salvaguardar a saúde pública”.

“Esta decisão, caros compatriotas, não foi fácil, nem é fácil de ser anunciada. Não foi ligeira. Depois de muita ponderação, de muita auscultação, consideramos que esta opção é a que melhor serve os interesses do nosso povo. Só assim iremos assegurar o necessário equilíbrio entre as medidas restritivas e o relançamento gradual da actividade económica”, sublinhou.

Para o estadista, a pandemia da covid-19 parece estar ainda longe de atingir o pico da sua evolução em Moçambique. “Nas últimas semanas a pandemia vem registando um ritmo acelerado de progressão no nosso país. Cresce não apenas o número de casos como a velocidade com que se processa a contaminação. Cresce a taxa de positividade nos testes. E cresce o número de internamentos e de óbitos”, observou.

Elucidou que este agravamento da situação da pandemia não ocorre apenas em Moçambique e acrescentou que é uma tendência que ocorre de uma forma geral em todo mundo. “Os apelos da OMS e de outras instituições internacionais apontam numa única direcção: é preciso levar a sério esta doença”, ressaltou. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)