A Universidade Eduardo Mondlane (UEM) e a Embaixada de Portugal em Moçambique inauguram hoje a exposição “Português de Moçambique no Caleidoscópio”. O evento tem lugar na Galeria do Camões, Centro Cultural Português, na cidade de Maputo.

A Exposição é alusiva aos 10 anos de actividades da Cátedra de Português Língua Segunda e Estrangeira, sediada na Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane.

A mostra estará aberta ao público até o dia 17 do corrente mês, e de 13 de Janeiro a 21 de Fevereiro de 2020. O objectivo é divulgar a informação sobre diferentes facetas do Português em Moçambique (histórica, social, linguística), assim como sobre as actividades desenvolvidas pela equipa da Cátedra ao longo dos dez anos.

A Cátedra de “Português Língua Segunda e Estrangeira” surge no âmbito de um protocolo de cooperação, assinado entre a UEM e o Camões, Instituto da Cooperação e da Língua.

A mesma foi concebida como um programa de investigação que visa contribuir para a difusão e promoção de estudos sobre a língua portuguesa, assim como para a produção de ferramentas e materiais para o seu ensino como língua não materna.