Em Foco

Polícia prende quatro indivíduos indiciados no roubo de gado bovino

A Polícia da República de Moçambique em Manica deteve, há dias, quatro indivíduos que se dedicavam ao roubo de gado bovino no posto administrativo de Messica, distrito de Manica, província do mesmo nome.

Dos quatros indivíduos, três são considerados operativos, e um é gerente duma quinta localizada algures no distrito de Manica, onde os animais eram recolhidos. Presume-se que o gerente seja um dos principais mandantes do crime.

A neutralização destes indivíduos ocorreu mesmo em Messica e na ocasião, a PRM recuperou nove cabeças, de um total de 26 que haviam sido roubadas de diversos currais naquela região de Manica.

Na sequência dos roubos, registados com frequência desde Julho últimos, cinco famílias foram lesadas. O porta-voz da Polícia no Comando Provincial da PRM em Manica, Vasco Matusse, que revelou o facto, disse que o valor do prejuízo ainda está a ser calculado. Enquanto se aguarda por outros procedimentos, a corporação continua a trabalhar para reaver outras cabeças dadas como roubadas.

Vasco Matusse referiu que a neutralização destes cidadãos e a descoberta dos animais foi graças à colaboração da própria população que prontamente informou a Polícia.

Depois do registo da ocorrência, a Policia iniciou diligências que se centraram na localização de trilhos e pegadas dos animais até ao presumível local de esconderijo. O que se constatou é que o gado roubado era vendido numa quinta localizada na mesma província.

A Polícia constatou ainda que depois roubo, alguns animais eram levados à referida quinta para serem timbrados com outra identidade, de modo a despistar o trabalho de investigação levado a cabo pela Polícia. A sinalização de gado com outra identidade era feita a mando do gerente agora a contas com a justiça.

Vasco Matusse explicou que para além do gado recuperado, outros animais foram abatidos para posterior venda, tendo em conta a quadra festiva que se avizinha. Das investigações feitas, constatou-se que os roubos aconteciam no período nocturno. Por vezes, alguns furtavam mesmo de dia usando viaturas para transporte de gado. A nossa fonte garante que a Polícia continua a trabalhar para identificar e neutralizar outros integrantes da rede de assaltantes que aterrorizam aquela zona para sua responsabilização criminal.

Para inverter este quadro de roubo de gado bovino, o nosso interlocutor afirmou que a Polícia tem se reunido periodicamente com a população para sensibilizá-la de modo a não comprar animais de proveniência duvidosa. Nos mesmos encontros, a Polícia aconselha a população a melhorar o sistema de segurança nos currais para evitar a acção dos amigos do alheio.

O roubo de gado bovino na província de Manica tem sido frequente nos últimos tempos. O distrito de Manica é o mais preferido pelos malfeitores que na calada da noite tem realizado suas incursões que culminam com assaltos a currais.

Domingos Boaventura

mingoboav@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo