Em Foco

Moçambique já implanta próteses de esófago

O serviço de Gastroen­terologia do Hospital Central de Maputo já implanta próteses a pacientes padecendo de cancro de esófago, como forma de melhorar a sua quali­dade de vida e reduzir os efei­tos da doença.

Neste âmbito, sete pessoas beneficiaram, semana finda, de cirurgias para implante de próteses denominadas Stents. São dispositivos que funcio­nam como malhas e que são colocados no esófago afectado pelo cancro para desobstruí­-lo.

Prassad Modcoicar, mé­dico e director do Serviço de Gastroenterologia do HCM, explicou que “fizemos um procedimento endoscópico nos pacientes por via de fluo­roscopia (método de obtenção de imagens em tempo real em movimento de estruturas in­ternas) que nos permite acom­panhar, através de tela, o pro­cesso de implante da prótese que abre o esófago”.

Ao avaliar a primeira in­tervenção cirúrgica, Prassad Modcoicar explicou que o pa­ciente tem dificuldade e sente dores ao ingerir líquidos, sofri­mento que termina com a co­locação do implante.

“Na reunião com a equipa multidisciplinar do esófago chegou-se à conclusão de que a colocação de stend constituía a solução para aliviar o sofri­mento do doente”, explicou.

Acrescentou que por uma questão de segurança, nos dias subsequentes a equipa proce­derá ao acompanhamento da evolução de todos os pacientes que passaram por esta inter­venção.

Texto de Luísa Jorge

luisa.jorge@snoticicas.co.mz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo