Em Foco

Ensaia-se exame único no Ensino Superior

O sector da Educação está a ensaiar a possibilidade de aplicar um único exame de admissão para todos os candidatos que pretendam frequentar o ensino superior em Moçambique, como forma

 de se garantir a qualidade desejável dos discentes neste nível de ensino.

Colocam-se certas reservas em relação ao desempenho de certas instituições de Ensino Superior que funcionam em condições deploráveis não oferecendo padrões que dignifiquem a qualidade desejável.

Neste momento, o país conta com cerca de 42 estabelecimentos deste género, entre universidades, institutos e escolas, do sector publico e privado, oferecendo cursos em diferentes áreas de formação e com muitos cursos ligados às ciências sociais do que ciências exactas, conforme dados em poder do domingo.

A adoptando-se um único modelo de exame, as autoridades acreditam que se asseguraria um controlo mínimo do qualificável a continuar os estudos superiores. Alguns países africanos, como a Tanzânia, por exemplo, empregam este tipo de modelos.

Este é um debate que precisa de ser bem polido para ser aplicado, remetendo para reflexões em volta da multiplicidade de factores que giram em volta das desqualificações do nosso ensino.

Se a aplicação do exame implica selecção exclusiva de candidatos também se vai questionar sobre as melhores formas de aumento das taxas de escolarização do ensino superior em Moçambique, que ainda se colocam longe das que foram padronizadas como médias no continente africano e particularmente na nossa região austral.

Segundo Arlindo Chilundo, vice-ministro da Educação, a actual taxa em Moçambique é de 4.4 por cento, valor considerado insignificante para os índices requeridos. Entretanto, recentemente na reunião do sector da Educação, questionou-se e chamou-se muita atenção quanto aos moldes em que algumas instituições do ensino superior funcionam em certas regiões do país. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo