Em Foco

Atribuídas insígnias a cidadãos nacionais

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, procedeu semana finda em Maputo a atribuição de galardões a cidadãos nacionais distinguidos recentemente no âmbito da lei dos Títulos Honoríficos e Condecorações. O acto circunscreveu-se na comemoração dos 40 anos da Independência Nacional e no 51º aniversário das Forças Armadas de Defesa de Moçambique.

Trata-se de Janet Mondlane, Bonifácio Gruveta Massamba e Daniel Polela ( os dois últimos a título póstumo), agraciados com a Ordem Eduardo Mondlane do Primeiro Grau.

O antigo estadista moçambicano Joaquim Alberto Chissano e Mariano Matsinha foram galardoados com Ordem Samora Moisés Machel do Primeiro Grau.

Igualmente agraciados foram José Soares Alcolete, Lourenço Cumbe (ambos com Ordem 25 de Setembro do Primeiro Grau), Francisco Madeira (Ordem 4 de Outubro do Primeiro Grau), Maria Inês Da Costa (a título póstumo) com a medalha de Mérito Académico e Mia Couto com a medalha de Mérito em Artes e Letras.

Discursando na ocasião, o Presidente da República disse que com o acto são honrados cidadãos que se distinguiram na conquista da nossa liberdade, na construção e defesa do Estado moçambicano.

“Queremos com este gesto, estimular e promover valores de patriotismo, de amor ao próximo, de cultura de trabalho, de criatividade, do espírito de entrega, da tolerância e de reconciliação. Ainda com este gesto simbólico, queremos injectar nas novas gerações a virtude de bravura e de fidelidade para com a Pátria Mãe”,disse o Chefe do Estado para quem o país continuará a beneficiar da entrega e carinho dos galardoados na grande batalha de manutenção e consolidação da paz, condição principal para a criação do bem-estar para os moçambicanos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo