Editorial

O futuro só pode ser risonho

A aragem dos dias de fel ainda se faz sentir, mas há que olhar em frente porque o futuro é risonho. Os sinais estão àvista. O Governo, semana finda, anunciou uma série de medidas para dinamizar a actividade socioeconómica ao mesmo tempo que arrancaram os trabalhos de reconstrução pós-ciclone Idai.

O trabalho será penoso. A valentia dos homens será, uma vez mais, posta à prova. Há muitas infra-estruturas por reerguer, algumas de raiz, tal foi o grau de destruição.

Nós do domingo acreditamos na competência e profissionalismo dos nossos técnicos. O rápido restabelecimento das comunicações, sobretudo da telefonia móvel, após uma semana de mudez, quando se vaticinava que o silêncio podia perdurar por mais tempo, é um bom exemplo. O mesmo se pode dizer dos técnicos da empresa Electricidade de Moçambique (EDM) que em tempo aceitável restabeleceram a corrente eléctrica em algumas zonas da cidade da Beira. Porém, ainda têm muito trabalho pela frente, sobretudo nos bairros suburbanos e em alguns distritos da província de Sofala.

Leia mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo