Editorial

E o Governo agiu

Pronto! O Governo endureceu as medidas para conter a sinistralidade rodoviária. Era o mínimo que podia fazer perante tamanha indisciplina e sangue jorrado nas nossas estradas.

As medidas são bastante musculosas. Como diz o povo, “para grandes males, grandes remédios.”

Atente-se à estatística referente ao primeiro semestre do ano em curso: 496 acidentes de viação, 393 óbitos e 973 feridos. Há que virar esta página negra.

A viragem passa, também, pela tolerância zero à condução sob efeito de álcool e drogas. E quer queiramos, quer não esta decisão vai doer se os automobilistas não mudarem de conduta, pois correm o risco de ficar longos e penosos meses sem conduzir.

Reiteramos o apelo para que os detentores de viaturas pessoais não as transformem em bares ambulantes, com colmanes pejados de todo o tipo de bebidas alcoólicas que o ingerem enquanto conduzem.

E, por falar em bebedeira durante a condução, semana finda viralizou nas redes sociais o vídeo de um automobilista flagrado com uma “panóplia” de bebidas no interior da sua viatura e quase não sobrava espaço para ele colocar os pés no acelerador ou no travão. Leia mais…

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo