Editorial

As urnas e os discursos

Adivinha-se, em função do apuramento intermédio dos votos validamente expressos nas urnas, que Filipe Nyusi e a Frelimo são os grandes vencedores das sextas eleições gerais de 15 de Outubro último. 

As projecções indicam que Nyusi garantiu pouco mais da metade dos votos contabilizados até ao momento, facto que o confere uma vantagem sobre os concorrentes directos, nomeadamente Ossufo Momade, da Renamo, Daviz Simango, do MDM, e, numa escala mais distante, Mário Albino, do AMUSI.

Enaltecemos neste processo o civismo e, acima de tudo, o patriotismo dos moçambicanos que participaram de forma irrepreensível na votação, revelando imagem de uma democracia que floresce aos olhos de todo o mundo.  Leia mais…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo