DestaqueEconomia

NILZA SENGULANE: Na crise pandémica encontrou oportunidade

Chama-se Nilza Mazive Sengulane, 34 anos de idade, dos quais 13 foram dedicados ao serviço de duas empresas, sendo os primeiros quatro anos na área de limpezas e nove anos passados na Nacional Brokers, onde trabalhou como corretora de seguros, área da qual desistiu e optou pelo empreendedorismo.

Nilza é o tipo de empreendedora que viu numa necessidade a oportunidade de se tornar fonte de soluções em troca de benefício, tal como nos conceitos de Philip Kotler (pai do Marketing).

Durante a pandemia, Nilza Sengulane debateu-se com a necessidade de adquirir um tapete na vizinha África do Sul para dar um toque visual e estético à sala de visitas da sua casa e teve dificuldades para fazer esta compra devido às limitações caracteríticas da altura.

Perante esta situação, pesquisou por vias alternativas para a aquisição daquele bem e conheceu um facilitador que conseguiu enviar a encomenda para Moçambique.

A partir daí, conta que estabeleceu parcerias no estrangeiro para importar bens para uso e decoração de interiores e viu nisso a oportunidade de fazer o que mais queria na vida, que era estabelecer um negócio e trabalhar de forma independente.

Além disso, a aposta pelo empreendedorismo foi motivada pela necessidade de ter mais tempo para se dedicar à família e, numa primeira fase, tentou conciliar o trabalho e o negócio, mas logo percebeu que não era sustentável. Leia mais…

Texto de Eduardo Changule

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo