DestaqueEconomia

Banca convencional perde a favor da moeda electrónica

A oferta de serviços financeiros bancários tem vindo a registar uma relativa estagnação e, em alguns casos, redução, possibilitando um crescimento exponencial do número de moçambicanos que optam pelas “fintech” – Instituições de Moeda Electrónica (IME).

Dados do Banco de Moçambique (BM) referem que até o fim do quarto trimestre do ano passado o país tinha registado 66.711 contas bancárias em cada 10 mil quilómetros quadrados contra 177.750 contas de IME. Leia mais…

TEXTO DE EDUARDO CHANGULE

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo