DestaqueEconomia

Atenção à fraude na hora das transacções bancárias

Há alguns anos, falar de clonagem de cartões e outras fraudes resultantes de pagamentos electrónicos era praticamente impensável em Moçambique. Apenas se ouvia falar de experiências contadas por algumas pessoas que tinham sido vítimas nas viagens ao exterior, principalmente na África do Sul.

Entretanto, esta realidade chegou ao país. Nos bancos há registo de várias queixas de clientes cujos cartões foram clonados e/ou efectuaram pagamentos em “sites” fictícios. Por isso, os entrevistados do domingo recomendam que se redobre a atenção na hora de efectuar transacções bancárias e, para o caso das compras através da internet, é preciso verificar, entre outros, a existência ou não do “site”.

Desidério Bila, que trabalha com cartões e banca digital, explica que clonagem é a cópia de todos os dados de um cartão genuíno para um falso. Muitas vezes, a cópia é facilitada pela banda magnética, um dispositivo que está no verso que congrega toda informação, incluindo o número de cartão e a data de validade.

A cópia é feita por meio de tecnologia apropriada usada para inserir a informação no cartão falso. Estas cópias podem ser feitas nas ATM (Automated Teller Machines) e nos pontos de venda (POS) onde se introduzem os cartões regularmente. Por essa razão, caso seja colocado algum dispositivo para clonar faz a leitura dos dados do cartão verdadeiro que, depois, são colocados num falso. Leia mais…

Texto de Angelina Mahumane
angelina.mahumane@snoticias.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo