DestaqueNacional

Ramaphosa reitera agradecimentos aos moçambicanos

“O povo sul-africano agradece eternamente aos moçambicanos pelo apoio dado na luta contra o regime do apartheid na República da África do Sul”


reiterou Cyril Ramaphosa, Presidente da África do Sul, discursando esta manhã em Mueda, província de Cabo Delgado, durante as celebrações do Dia dos Heróis Moçambicanos .

O estadista sul-africano disse na ocasião que a sua vinda a Moçambique no Dia Dos Heróis expressa a importância que dá a heroicidade dos moçambicanos que tombaram em prol da liberdade dos povos de ambos os dois países.

Acrescentou que volvidos 16 anos após o massacre de Mueda ( a 16 de Junho de 1960) , onde foram massacrados mais de 600 pessoas que reivindicavam liberdade, no seu  país, a 16 de Junho de 1976, centenas de sul-africanos também foram assassinados pelo apartheid quando reivindicavam a sua liberdade.

Sublinhou que estes e outros acontecimentos fazem com que os dois países continuem a trilhar os mesmos desafios. Destacou o combate ao terrorismo, onde a África do Sul participa com um contingente militar enviado a Moçambique.

De referir que Ramaphosa preside o Órgão de Política de Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e participou nestas cerimónias na qualidade de convidado de honra do Chefe do Estado moçambicano.

Na sua agenda de visita a Moçambique consta um encontro com as tropas da região que combatem os terroristas em Cabo Delgado.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo