DestaquePolítica

Nyusi pede foco nas forças especiais

O Presidente da República e Comande-Chefe das Forças de Defesa e Segurança apelou aos ministérios da Defesa Nacional e do Interior a priorizarem a formação de forças especiais incluindo as áreas de informação e reconhecimento.

Filipe Nyusi recomendou ainda que a formação de sargentos deve ser outra prioridade das Forças de Defesa e Segurança, uma vez estar-se a provar que é uma área importante no comando intermediário das tropas, como coluna vertebral das FDS em todos os ramos.

Entretanto, “há que reduzir o recrutamento de efectivos de carácter burocrático sem que isso signifique a resignação total pois esta realidade inverte a pirâmide de empenhamento das forças em missões combativas que actualmente são a nossa prioridade”.

Filipe Nyusi também orientou aos recém-empossados a trabalharem em equipa e tomarem decisões colegiais e formais para o bom funcionamento do instituto.

“A segurem que o processo de formação do ISDEDEF contribua efectivamente para a identificação de solução dos problemas reais de segurança que o país enfrenta”.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo