DestaqueNacional

Municípios devem adoptar governação participativa

– afirma Presidente da República, na abertura do IIº  Fórum Urbano Nacional

O Presidente da República, Filipe Nyusi, instou aos dirigentes dos Conselhos Municipais a adoptar uma gestão participativa das autarquias por forma a  desenhar melhores estratégias e políticas que beneficiam ao cidadão, rumo ao desenvolvimento sustentável das zonas urbanas.  

Nyusi falava esta manhã em Maputo na abertura do IIº Fórum Urbano Nacional, que se realiza sob o lema “Urbanização, Uma Prioridade para o Desenvolvimento Sustentável”. 

Segundo defendeu, a gestão participativa é mais do que envolver duas pessoas. “Exige a participação da população local, que é conhecedora do meio e com ela planificar todas as acções por forma que o cidadão possa se identificar com seus propósitos e apoiar na divulgação. Inclusão é programar com a população e não programar para a população”disse o Chefe do Estado. 

Acrescentou que as zonas urbanas devem munir-se de recursos humanos locais suficientes que possam acompanhar a implementação dos projectos, como factor fundamental para que os planos de desenvolvimento urbano tenham sucesso.  

Reconheceu que o dinheiro que os municípios recebem do nível central é insuficiente para a resolução dos problemas das autarquias, no entanto, chamou atenção para que encontrem equilíbrio na hora de decidir sobre o ajuste de  impostos e tarifas.  

“Temos que encontrar equilíbrio entre aumento de cobrança de impostos, taxas e a capacidade de pagamento do cidadão e aceitação das medidas. É preciso diálogo para que o cidadão compreenda e ver se pode pagar”, recomendou. 

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo