DestaqueNacional

MDM reage às medidas de aceleração económica

O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) reagiu hoje às medidas de estímulo à economia anunciadas ontem pelo Presidente da República, considerando-as de longo prazo e intempestivas.

Falando esta tarde em Conferência de Imprensa, Ismael Nhacucue, porta-voz do MDM, frisou que o “pacote” anunciado não resolve os problemas da economia a curto prazo.

Para Nhacucue as medidas não estimulam o negócio informal, fonte de sobrevivência da grande parte das famílias moçambicanas, assim como estão longe de dinamizar a economia, de tal forma que o custo de vida vai manter-se sufocante para as camadas vulneráveis.

Para esta formação política, a redução do Imposto do Valor Acrescentado (IVA) devia ser de 17 para 14 por cento de modo a permitir eficácia no poder de compra dos moçambicanos e não de 1 por cento, conforme a decisão do Governo.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo