DestaqueNacional

Maurício Xerinda enviou e-mail com respostas e perguntas

Baltazar Mungoi acabou de afirmar que recebeu um e-mail em 2018 com uma lista de possíveis perguntas e respostas no interrogatório do Gabinete Central de Combate à Corrupção. Tal como referiu tudo ocorreu depois de ter posto Xerinda ao corrente de que estava a correr um processo crime relacionado com as facturas e recibos emitidos para a Direcção do Tabalho Migratório. A esposa de Mungoi chegou a ser constituída arguida mas o juiz de instrução absteve-se de a pronunciar  neste processo.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo