Desporto

Urge reajustar regras dos jogos tradicionais

Com Fernando Pedro também abordamos o III Festival Nacional dos Jogos Tradicionais, realizado na cidade de Xai-Xai, Gaza, de 20 a 23 de Setembro, igualmente inserido na Semana Nacional do Desporto.

“Esta edição do festival de jogos tradicionais foi mais envolvente. Cada delegação se fez presente com 15 elementos ao invés de dez, número das edições anteriores. E vamos continuar a trabalhar para que cada vez tenha mais participantes e mais modalidades competitivas”.

A nossa fonte diz que “estamos a trabalhar para reajustar as regras, que permitam haver denominador comum em cada modalidade. Até Dezembro vamos adoptar o guião de regulamento. Em Xai-Xai fez-se levantamento de novos jogos para sua incrementação nos próximos festivais. Achamos que não basta competir apenas em Ntxuva e Muravarava”.

O reajuste de regras aqui referenciado por Fernando Pedro visa sanar algumas diferenças existentes, por exemplo, no jogo de Ntxuva, do norte ao sul. Diferenças que podem existir nas modalidades por incrementar.

“A condição para que um determinado jogo faça parte do festival nacional é ser praticado em todo o país, independentemente da diversidade de regras. Temos técnicos competentes para a unificação de regras”, explica.

E quem acolherá o IV festival? “ A próxima edição dos jogos tradicionais vai ser numa província do Centro do país. Em princípio não deverá ser Sofala, que foi acolhedora do primeiro festival. Estamos a preparar termos de referência para a candidatura. Também estamos a fazer estudo para que o festival passe a realizar-se em período de férias escolares e que também nele participem os idosos, esses mestres anónimos”. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo