Desporto

Podíamos ser detidos por excesso de velocidade

No rescaldo do Campeonato de Natação de Verão da Cidade de Maputo, o treinador bi-campeão, Frederico dos Santos, regozija-se da produção de seus atletas a ponto de afirmar que, havendo marcas limites previamente determinadas, alguns nadadores podiam ser detidos por excesso de velocidade.

De resto, foi soberba a prestação da maioria dos nadadores dos Tubarões, com realce para Shakil Fakir e Géssica Stagno, protagonistas na sua conta de sete recordes nacionais de categoria.

Por isso, o treinador campeão considera que os Tubarões estiveram à altura do evento.

– Soubemos defender a conquista de 2013, uma vez que entramos para a competição na qualidade de campeões em título. Nas primeiras provas, as nossas contas estavam muito complicadas, porque houve equilíbrio com os Golfinhos, mas no final conseguimos vencer.

A diferença pontual entre os dois emblemas resulta também do número de atletas que cada clube inscreveu no campeonato.

– Noto que mesmo para a imprensa custa muito pronunciar essa palavra Tubarão, porque somos mesmo temíveis, preferem outro animal aquático mais simpático. Mas a nossa massificação está na melhor forma possível, somos o clube com maior número de atletas, com plantel equilibrado, somos o único clube que foi ao campeonato com estafetas em todos escalões, isso significa muito trabalho, que estamos em prol da natação não só no clube, mas na cidade de Maputo e também a nível nacional.

Indagado sobre o nível de competitividade assistido no campeonato, Frederico dos Santos considera satisfatório, sublinhando, porém, a necessidade doutros emblemas investirem também na formação.

Não é suficiente que seja apenas um clube a trabalhar, é preciso que os outros nos tomem como exemplo e seguir-nos. Devemos apostar em atletas que ainda estão nas escolas de natação porque se forem mal formados teremos problemas no futuro.

Do conjunto de atletas que estiveram a um nível gigantesco, aponta Géssica Stagno e Shakil Fakir, sublinhando que Géssica pode atingir o pódio nos Jogos Africanos do presente ano.

– Géssica Stagno era esperança de Moçambique numa medalha nos últimos Jogos Africanos Maputo 2011. Infelizmente não conseguiu uma medalha na prova de 200 mariposa, depois disso parou quase três anos, e tem este regresso em grande. Tem estado a obter resultados fantásticos, quer a nível nacional, quer a nível internacional. O importante é continuarmos a acompanhar a atleta sobretudo porque estamos em época de Jogos Africanos, onde ela pode atingir o pódio.

Pedimos ao técnico uma avaliação da formação nas escolas de natação da capital do país, tendo respondido que “a natação se calhar não está a evoluir pelo número de clubes envolvidos, mas em termos de número de nadadores. E ai os Golfinhos e Tubarões estão muito à frente doutros. Ferroviário reabriu recentemente sua escola de natação, vamos ver se consegue recuperar a performance que já teve no passado. Também vamos ver quanto tempo vai durar a reabilitação da piscina do Desportivo para voltarmos a ter o Desportivo dos anos 80 e da década passada”.

Recordes batidos no Campeonato de Verão da Cidade de Maputo

Nome

Prova

Tempo

Anterior

Tempo

Data

Jannah Sonnenschein

400 estilos

05:20.75

Géssica Stagno

05:38.45

19/02/12

Géssica Stagno

100 costas

01:07.50

Géssica Stagno

01:09.14

12/03/12

Valdo Lourenço

1500 livres

19:22.57

Nelson Alino

19:30.90

14/09/89

Géssica Stagno

1500 livres

19:46.24

Raquel Lourenço

20:50.62

27/04/13

Shakil Fakir

200 brucos

02:36.77

Ailton Semá

02:38.57

 

14/05/05

Jannah Sonnenchein

200 brucos

02:48.06

Janet Antunes

02:56.36

06/12/06

Shakil Fakir

50 mariposa

00:26.62

Leonel Matonse

00:27.14

09/09/05

Tubarões (Jn, masc

4×50 estafeta

01:56.68

Golfinhos

 01:56.68

19/02/12

Golfinhos (Jn, Fem)

4×50 estafeta

02:10.33

Ferroviário

 02:14.94

23/11/12

Érico Cuna

200 livres

02:24.45

Armando Ubisse

 02:27.22

20/12/02

Shakil Fakir

100 mariposa

00:58.66

Eduardo Goncalves

 01:00.53

11/03/07

Érico Cuna

50 costas

00:29.42

Armando Ubisse

 00:30.85

01/11/04

Shakil Fakir

50 costas

00:28.90

Leonel Matonse

00:29.00

16/12/04

Elton Mongore

50 costas

00:28.59

Leonel Matonse

00:28.99

12/05/07

Géssica Stagno

50 costas

00:31.62

Tânia Anacleto

00:32.33

13/04/02

Tubarões Jn (Masc)

4×200 livres

08:51.52

Desportivo

09:04.35

11/12/06

 

 

 

 

 

 

Custódio Mugabe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo