Desporto

O Campeonato Nacional de Boxe, edição 2012, está agendado para ter lugar a partir da próxima quinta-feira até sábado na Escola Industrial e Comercial da Matola. São esperados pouco mais de 50 pugilistas em representação das províncias de Maputo, Gaza, Inh

A eleição do novo presidente da FMA é amanhã no Estádio Nacional do Zimpeto

José Fanheiro Cucheza, Ângelo Muria e Ahmad Shafee Ismail Sidat disputam, amanhã, 25 de Fevereiro, nas instalações do Estádio Nacional do Zimpeto, a presidência da Federação Moçambicana de Atletismo (FMA). Prevê-se luta renhida, podendo ganhar quem mais terá convencido aos “soberanos” presidentes das associações provinciais.

A Assembleia-geral deverá começar as 09:00 horas. Primeiro serão apresentados os relatórios de actividade e de contas do elenco cessante, presidido por Sarifa Magide, ela que por imperativo legislativo moçambicano não pode recandidatar-se para o terceiro mandato consecutivo. Depois é que se procederá a eleição de novos corpos gerentes da FMA para o mandato de 2013-2016.

Enquanto durou a campanha eleitoral cada candidato fez o que esteve ao seu alcance para amanhã obter mais votos. Deve haver quem pense que fez melhor campanha que os outros, mas só depois da contagem dos votos é que se saberá quem melhor “namorou” os presidentes das associações provinciais, porque, diga-se de verdade, não são só os manifestos eleitorais escritos que fazem ganhar mais votos. O melhor programa de trabalho pode não merecer muita atenção como as promessas e ofertas.

Portanto, não se pode esperar com tanta convicção de que fulano é quem vai vencer porque apresenta um programa barato com qual se pode desenvolver a modalidade a curto ou médio prazo. Há quem pode ter dito que “se eu ganhar todos vocês não vão mais morrer de fome” e ser preferido. E o atletismo e sua gente passam tempos de fome.

Pouco se soube do candidato Cucheza, que a ser eleito será o primeiro presidente federativo a residir fora da capital do país, Tete, o que é perfeitamente aceitável, pois, só se impõe que a sede da federação esteja na capital do país. Ele deve ter seus trunfos na manga. E pode ser que os seus colegas o queiram promover à presidente da FMA, por reconhecimento do seu empenho pela causa da modalidade na província de Tete e no país, em geral. É um adversário a não desprezar. As províncias por vezes se unem a favor delas próprias, cansadas de serem menosprezadas por pessoas que julgam que Moçambique é só Cidade de Maputo. Mandatária da sua candidatura é a Associação Provincial de Atletismo de Cabo Delgado.

Ângelo Muria já admitia ter seis associações ao seu lado, mas com entrada em cena de Shafee Sidat, cuja candidatura foi entregue quarta-feira, 20 de Fevereiro, a situação pode ter mudado substancialmente. A Província de Inhambane, proponente da sua candidatura, até ontem se mantinha fiel. Sua recente estada em Lichinga pode ter sido de capital importância para a sua candidatura. Muria deve ter se reencontrado com os companheiros da modalidade que o terão garantido o voto de Niassa, terra que o viu a crescer, saído da Zambézia, onde nasceu no distrito de Guruè. Sendo ele filho e fazedor do atletismo, torna-se adversário a temer por parte dos outros dois candidatos.

Há muito que se sabia que o empresário e Agente FIFA Shafee Sidat vinha sendo namorado para se candidatar a presidente da FMA. Levou muito tempo para dizer sim, até que o grupo liderado por Paulo Sunia, ex-Secretário – geral da FMA, que conta com muitas e fortes ramificações do poder desportivo nacional, o convenceu.

Não só, Shafee para a avançar também deve ter recebido o “sim” dos seus familiares e amigos. E mais do que “avança”, deve ter ouvido de todos “ vai ganhar”. Sua habilidade no tratamento e contacto com as outras pessoas pode-lhe valer muito nestas eleições. Para além de Paulo Sunia, que vai ocupar o cargo de Secretário-geral, não se conhece mais nomes da lista de Shafee, que amanhã será tornada pública.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo