Desporto

Ministério e Federação de Atletismo de costas voltadas

Redacção

O Ministério da Juventude e Desporto (MJD) e a Federação Moçambicana de Atletismo (FMA) estão de costas voltadas. Em causa a gestão do material herdado dos X Jogos Africanos Maputo 2011.

Shafee Sidat, presidente da FMA, disse recentemente ao domingo que parte do material adquirido no âmbito dos Jogos Africanos estava a deteriorar-se nos armazéns do Estádio Nacional do Zimpeto.

Especificou, por exemplo, que o photo-finish – equipamento electrónico usado para o registo de marcas e resultados de competições oficiais – estava a apodrecer, enquanto a federação mobiliza fundos para adquirir um outro no estrangeiro.

A FMA sustenta que devido a falta de photo finish, é obrigada a fazer esforços adicionais enviando os atletas nacionais para os campeonatos nacionais dos países vizinhos, com realce para a Suazilândia, Zâmbia, Zimbabwe e África do Sul, na tentativa de obterem resultados aceitáveis para a sua qualificação aos Jogos Africanos e aos campeonatos nacionais.

DIREÇÃO DO ESTÁDIO DIZ

QUE EQUIPAMENTO ESTÁ INTACTO

A Direcção do Estádio Nacional do Zimpeto defende que não é verdade que o equipamento armazenado esteja a apodrecer e em nenhum momento foi solicitado pela federação de atletismo.

– O photo finish continua intacto e guardado nos armazéns no Estádio Nacional, pelo que, não corresponde a verdade que esteja despedaçado,sustenta a direcção do estádio.

Em carta dirigida ao nosso jornal e rubricada pelo director adjunto do Estádio Nacional do Zimpeto, José Pereira, a federação de atletismo é acusada de não solicitar o equipamento porque não realiza provas regularmente.

– A não utilização do photo finish armazenado no Estádio Nacional do Zimpeto decorre única e exclusivamente do facto de a Federação Moçambicana de Atletismo ter-se exonerado do mandato estabelecido na Lei do Desporto e no respectivo Regulamento, relacionado com a realização regular de provas oficiais da modalidade.

Aquela entidade do Estado vai mais longe ao imputar a federação de atletismo da responsabilidade no desaparecimento de material cedido para a organização do campeonato nacional da modalidade, ano passado, na província de Tete.

– O Presidente da Federação Moçambicana de Atletismo esqueceu-se de dizer ao público que a instituição que dirige fez desaparecer parte do material de atletismo requisitado no Estádio Nacional do Zimpeto para a realização do campeonato nacional da modalidade, em Tete, como seja bandeirolas e tacos de partida.

A direcção do ENZ explica ainda que finda a realização dos jogos Africanos, o material e equipamento desportivo adquirido pelo Comité organizador do evento foi distribuído às federações desportivas nacionais.

O remanescente foi armazenado no Estádio Nacional do Zimpeto, “na sua qualidade de fiel depositário do Estado”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo