Desporto

Líder joga em Nacala “lanterna vermelha” em Maputo

A décima quarta jornada, a primeira da segunda volta do “Moçambola”, termina esta tarde com destaque para o jogo de Nacala, em que o Ferroviário local (21 pontos) recebe o líder Maxaquene (27 pontos), no Campo da Bela Vista.

Porque jogar em Nacala é mais difícil para quem é visitante, é de prever dificuldades para a turma de Chiquinho Conde, mas quem conta sempre com a pontaria de Isac pode sair de lá a sorrir. Na primeira volta Maxaquene ganhou por 1-0.

A outra deslocação difícil é do Ferroviário de Quelimane (10 pontos), “lanterna vermelha”, que esta tarde é recebido pelo homólogo Ferroviário de Maputo (19 pontos), que mesmo doentio procurará sair do Estádio da Machava com três pontos. Falta saber os “locomotivas” da terra dos Bons Sinais sem Nacir Armando (já demitido por maus resultados) jogarão melhor ou não. Na primeira volta Ferroviário de Maputo venceu por 1-0.

O outro da zona de despromoção, Desportivo de Maputo (14 pontos) joga com ENH (16 pontos), no campo do Costa do Sol, em Maputo. Os “alvi-negros” ainda não se encontraram, mas a jogarem em Maputo, mesmo em casa emprestada, podem vencer, se falharem menos. Na primeira volta ENH perdeu em casa por 0-1.

 O HCB (15 pontos), que está a um ponto do grupo dos “desprovidos” da primeira volta, recebe Desportivo de Nacala (16 pontos), que pode complicar mais a situação de Artur Semedo, ele que ainda não conseguiu pôr os rapazes de Songo a jogarem à sua grandeza. Na primeira volta Desportivo de Nacala ganhou por 1-0.

O Clube de Chibuto (13 pontos) é hóspede do 1º de Maio (18 pontos), no campo do Ferroviário de Quelimane. Os “trabalhadores” da Zambézia têm-se comportado bem, mas diante dos “Guerreiros” de Gaza, um tanto quanto feridos, terão que se acautelar para não perder pontos em casa. Na primeira volta empataram a 0-0.

Na capital do Norte vai haver choque entre comboios, pois estarão num frente-a – frente o Ferroviário de Nampula (16 pontos) e Ferroviário da Beira (17 pontos). É melhor esperar pelo fim do jogo no Estádio Municipal de Muhala. Na primeira volta Ferroviário de Nampula ganhou na Beira por 2-0.

Litos suspenso 30 dias

Litos Carvalha, treinador da Liga Desportiva de Maputo, foi suspenso por trinta dias pelo Conselho de Disciplina da Liga Moçambicana de Futebol (LMF) por ter invadido o retângulo do jogo no desafio da 13ª jornada contra o Ferroviário da Beira.

O técnico está interdito de entrar nos recintos desportivos onde se realizem jogos envolvendo sua equipa. No referido desafio, o Ferroviário da Beira derrotou os campeões nacionais por um a zero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo