Desporto

Iminente mudança na liderança

.Maxaquene joga na Beira e Costa do Sol recebe Ferroviário de Quelimane

Os desfechos dos desafios Ferroviário da Beira – Maxaquene e Costa do Sol – Ferroviário de Quelimane poderão ditar alterações no comando do “Moçambola” ao fim da 16ª jornada em disputa desde a tarde de ontem.

Os “tricolores”, em igualdade pontual com o Costa do Sol (28 pontos), têm deslocação complicada ao terreno do Ferroviário da Beira (18 pontos), ainda à procura de estabilidade e a rubricar uma temporada cinzenta.

Ainda sem Chiquinho Conde no banco técnico, suspenso preventivamente, o Maxaquene vai jogar num terreno que saiu derrotado ano passado. O árbitro será Samuel Chirindza, coadjuvado por Ivo Muiambo, Carlos Guambe e Adérito Rosário (quarto árbitro).

Noutro desafio pela liderança, o Costa do Sol, embalado e a atropelar tudo e todos que lhe surgem pela frente, tem, à partida, uma empreitada fácil diante do último classificado, Ferroviário de Quelimane, com apenas 11 pontos.

O desafio será dirigido por Filimão Filipe, assistido por Arsénio Marrengula, Adão Tchucane e Simões Guambe como quarto árbitro.

Jogo de alta rotação está marcado para o Estádio 27 de Novembro, onde a turma da casa, HCB, 17 pontos, recebe Liga Desportiva, 23 pontos.

Zefanias Chijamela será o árbitro principal, coadjuvado por Teófilo Mungói e Júlio Mhula. César Colar será quarto árbitro.

Com ganas de candidato ao título, o Ferroviário de Maputo enfrenta no Estádio da Machava o seu homónimo de Nacala. Os nacalenses são atrevidos, sim senhor, mas lhes espera uma “locomotiva” de Caló a carburar a todo vapor.

O árbitro será Celestino Gimo, assistido por Bento Chengerenao, Manuel Nelson e Estevão Matsinhe (quarto árbitro).

Na capital do norte, o Ferroviário de Nampula, 19 pontos, bate-se com o 1º de Maio de Quelimane, 20 pontos, embate que pode determinar alteração na classificação. Mário Tembe será árbitro principal, assistido por Abibo Adinane e Carlos Manuel. Feliciano Joaquim será quarto árbitro.

Em Nacala, já sem Arnaldo Ouana, o Desportivo local recebe um renovado ENH FC, num duelo que se adivinha equilibrado e recheado de emoções. José Maria Rachide será quarto árbitro, assistido por Joaquim Merinho,    Baltazar Nhacume e Alberto Atumane.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo