Desporto

Exemplo de servidor do desporto

Texto de Manuel Meque

Há nove anos nascia no país a ideia de criação de um comité nacional que velasse pelo minibasquetebol com funções de driblar ideias, passar valores e lançar estrelas. Este ano, 2014, foi oficializado o Comité Moçambicano de Minibasquetebol (CMM), um órgão da Federação Moçambicana de Basquetebol com autonomia de gestão para criar e organizar projectos.

“ É uma grande aposta que dura nove anos, período em que conseguimos cobrir todo o país”, Edison Saranga, membro do CMM.

“ A nossa perspectiva é de massificação da modalidade. Estamos agora a aprimorar outros campos com valores diversos (arte, literatura, música…). Buscamos as crianças para o desporto e aqui as incutimos valores humanos importantes como amizade. Não somos pela competição, mas pela passagem global de conhecimentos às crianças na formação do homem novo”, refere Edison Saranga.

O ano de 2014 vai terminar com uma actividade específica, que é o primeiro campo de férias denominado Carlos Morgado (um ex-ministro falecido em 2007), um cidadão descrito pelo CMM como tendo sido exemplar, integro, e comprometido com a causa de Moçambique.

O Campo de Férias Carlos Morgado vai decorrer nas cidades de Maputo, de 9 a 11, e Matola, de 10 a 12. O encerramento conjunto será no dia 13 de Dezembro na cidade da Matola. Para além de jogos, haverá circuitos técnicos, aulas de pintura, orientadas por conceituados artistas nacionais e aulas de música tradicional moçambicana. As crianças vão aprender a tocar os instrumentos musicais básicos.

2015 ano especial

O ano de 2015 será especial para o mini basquetebol e CMM. O Torneio Mini Basquete Millennium Bim completa 10 anos.

“Próximo ano vamos celebrar 10 anos do torneio Mini Basquete Millennium Bim. E esperamos atingir dez províncias. Neste momento ainda não chegamos nas províncias de Inhambane, Cabo Delgado e Niassa. Vamos introduzir mais torneios e aumentar o número de praticantes. Criaremos condições para a realização de formação orientada por treinadores estrangeiros.”

Apesar de o torneio Mini Basquete Millennium Bim a maior e a mais visível actividade CMM, nada impede que surjam outras actividades patrocinadas por outras empresas.

“Que fique claro que o Comité não faz apenas actividades designadas Millennuium Bim. Estamos abertos para outras parcerias. Próximo ano vamos ter circuitos Clarrisse Machunguana. Ela vai a todas as províncias fazer actividades de sensibilização, falando do HIV-Sida, gravidez precoce e um pouco da sua experiencia profissional, enquanto se faz actividades desportivas.

Este mês foi lançada a primeira edição de A Prancheta, uma revista do Comité Moçambicano de Minibasquetebol na qual se faz rescaldos das actividades realizadas de dois em dois meses.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo