Desporto

CNAF exclui árbitro internacional do Moçambola

A Comissão Nacional de Árbitros de Futebol (CNAF) não está a contar com o árbitro internacional Arsénio Marrengula para os jogos do Moçambola ou do Campeonato Nacional da II Divisão de Honra ‒zona Sul.

A situação está a gerar indignação na classe de arbitragem, alegadamente porque a exclusão do assistente com categoria internacional pode influenciar o rendimento do mesmo na fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN), a disputar-se de 15 de Junho a 13 de Julho, no Egipto.

Distinguido como “Melhor Árbitro de 2018” na VII Gala Nacional do Desporto, Arsénio Marrengula tem-se socorrido nos jogos do Campeonato Provincial de Maputo. Na última quarta-feira, actuou na partida entre Incomati e Maiwaku de Marracuene, inserida na derradeira eliminatória da Taça de Moçambique a nível provincial.

Entretanto, pelo menos quatro árbitros estão a ser alvo de processos disciplinares por parte da CNAF devido ao seu desempenho, a começar pelo juiz principal Andilo Mamudo e o seu primeiro assistente na partida entre o Desportivo e Textáfrica, na qual validaram um golo num lance em que a bola não atravessou a linha de baliza, esteve longe disso.

Filimão Filipe dirigiu o desafio entre Ferroviário de Nacala e Desportivo e a sua actuação não colheu nota positiva a nível da direcção da CNAF, tendo sido também sancionado. Por isso, não é nomeado desde a primeira jornada. Paulo Buque também sob a alçada da CNAF.

Leia mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo