Bula Bula

Não é bom dizer mentiras…

As grandes massas cairão facilmente numa grande mentira do que numa mentirinha; era convicção de Adolf Hitler, homem que conseguiu como poucos embrutecer milhões de pessoas. Se tem ou não seguidores entre nós, Bula-bula não sabe, mas que alguns resquícios desses pensamentos parecem flutuar por aqui, parece verdade.

É que toda a vida – ou pelo menos até agora –, Bula-bula pensava que o golfo de Adem ficava no norte do oceano Índico, entre a Somália, no chifre de África, e o Iémen, na costa sul da Península Arábica. Pelo menos é isso que constava dos cadernos e livros doutros tempos, mas parece que tudo o que aprendemos está a ser reformado.

Melhor dito, alguns moçambicanos estão a revolucionar a geografia mundial. Começámos por “mandar” a Ilha de Moçambique de Nampula para Maputo. Meio-mundo escarneceu da menina que disse isso em plena televisão. Houve uma chuva de impropérios e pedregulhos sobre a pobre menina… afinal ela nem tinha culpa, tal como o outro que disse que Matutuíne ficava no norte do nosso belo país.

São estas algumas das mazelas que Bula-bula tem estado a testemunhar dia-após-dia. Denunciam um cenário dantesco no nosso sistema de transmissão de valores. Há um espinho ou um pedregulho no sistema que aparentemente ninguém quer tirar… há cada vez mais gente que chega, inclusive, às universidades com um défice muito grande de cultura geral. Alguns nunca sequer leram um livro…

Podemos hoje rir dessas coisas, mas a coisa está mesmo má. É tempo de reflectirmos, por exemplo, sobre a qualidade das obras que se fazem no país. Escolas e outros edifícios públicos sossobram ao primeiro pio do vento, enquanto construções do tempo da nossa senhora estão ali firmes. Alguma coisa está a falhar…Leia mais…

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo