Bula Bula

“Marines” alvoraçam Namaacha

Gente da vila municipal de Namaacha, província de Maputo, andou alvoroçada na última quinta-feira, dia 5, ao ver duas dezenas de rapazes de raça branca, cabelos rapados, uniforme militar especial, desafiando a galope as montanhas da cordilheira dos Libombos. Era gente alta, forte, espadaúda, fazendo-se ao monte como se brincadeira de crianças fosse. “Quem são eles?”, perguntavam atónitos os habitantes. 

“Será que são extra-terrestres vindos dos céus madrugada dentro, enquanto nos embrulhávamos nas mantas nestes tempos que esfriam bastante aqui nestas montanhas?”, ironizavam outros no meio de grande tremedeira. Há sempre algum humor, até no afastar do medo.

Ninguém sabia explicar ao certo o que estava a acontecer, até que ao “Bula” chegaram depois informações de que afinal se tratava de um corpo especial de “marines” que guarnece a embaixada americana na capital e que estaria ali a “desentupir” os músculos, em exercícios militares, cansados da letargia das cidades. Os homens foram vistos embrenhando-se mata dentro, vielas tortuosas e labirintos cheios de pedregulhos. Nas horas das refeições foram vistos refastelando-se na casa de campo de uma conhecida senhora, situada na rua das Cascatas. Em toda esta embrulhada, não se sabe ainda ao certo se as autoridades locais tivessem sido informadas ou não. É que numa altura em que na zona centro a “coisa” está como está, anda muita sensibilidade à flor da pele sobre qualquer que seja uma movimentação de cariz militar.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo