Bula Bula

Deus envia carne e diabo envia os cozinheiros

Dois agentes da lei e (des)ordem voltaram a deitar achas à fogueira semana finda algures… e embora se diga que já foram tomadas medidas correctivas, Bula-Bula não pode deixar de manifestar a sua indignação, asco e vergonha por tal se verificar no meu país. Dois energumenos (e isso é dizer pouco) foram vistos e filmados em actos abomináveis contra uma senhorita com uma criança ao colo. Os dois mequetrefes, fazendo gala do suposto poder que têm, dão bofetadas e encimam o abuso algemando uma das pernas da tal senhora. Nem os gritos do bebé, nem as reclamações dos circunstantes e nem o facto dela representar perigo algum para dois jagunços foram suficientes para os demover.

Atenção que Bula-Bula nem sequer mete as mãos no fogo pela senhora (que pode ter cometido alguma asneira), mas tão somente não concorda com os termos em que a detenção foi feita. Bater, algemar uma perna e arrastar uma pessoa é indigno… mesmo se esse indivíduo cometeu erro. Diz-se ainda que os dois jagunços nem sequer estavam escalados para trabalhar no tal dia… sinceramente, alguma coisa deve ser feita com urgência para se purificar as fileiras da nossa Polícia porque desta forma fica realmente difícil.

Aliás, não é a primeira vez que assistimos ao comportamento desviante da nossa Polícia. De tempos em tempos são apanhados no flagra. Há alguns meses tivemos um episódio que nos deixou perplexos, mais uma vez dois agentes a obrigarem deDeus envia carne e diabo envia os cozinheiros tidos, de sexo masculino, a se beijar. Realmente precisamos purificar as fileiras da nossa Polícia.

Como disse e bem o poeta W.H. Auden, o mal nunca é fora do comum e sempre humano. Compartilha a nossa cama e come à nossa mesa… tal como àqueles dois salafrários com caras de meninos educados nalgum colégio do mal!

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo