Artes & Letras

Retratos de vida na Mediateca do BCI

“Retratos da Vida” é o título da exposição de artes plásticas patente na Mediateca do BCI até ao próximo dia 14 de Setembro corrente. Da autoria de King Nuvunga, a mostra apresenta imagens do quotidiano moçambicano como brincadeiras de infância, vendedeiras do mercado, gente do bairro, tradições das mulheres macuas, txovas, txopelas, entre outras.

A exposição é a minha forma de descrever os vários fenómenos da sociedade moçambicana. O my love é para questionar o problema dos transportes no nosso país, afirma King Nuvunga.

Nas 23 obras expostas, King utilizou como técnica básica o acrílico sobre tela. Em algumas obras utilizou a técnica mista onde misturou o acrílico com outros materiais como a capulana, o papel, a cartolina ou a areia. Foi uma forma de inovar, de enriquecer o meu trabalho. Criar texturas é uma forma de avançar. Com a capulana, pretendi, por exemplo, a transmitir alegria.”

Olhando em redor, distingue-se, em termos cromáticos, uma preferência pelo amarelo. “É a minha cor preferida. Não sei explicar mas navego melhor no amarelo.”

O Administrador do BCI, Luís Aguiar, após felicitar o artista, agradeceu a oportunidade que este proporcionou de associar-se à marca BCI “Retratos da Vida”, ajudando a vincar o “sentido de cidadania e de Responsabilidade Social que caracteriza a actuação do BCI.”

 “Retratos de Vida” é a primeira mostra individual de King Nuvunga.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo