Artes & Letras

Moreira sopra pela unidade nacional

A noite da última sexta-feira foi memorável no Centro Cultural Franco-Moçambicano. Foi diferente porque uma plateia culta, com respeito e desejosa de ver, ouvir e dançar canções da paz esteve durante duas horas e meia sentada para ver o concerto que marcava o lançamento do oitavo disco do saxofonista moçambicano Moreira Chonguiça.

E no palco desfilaram vários músicos com destaque para uma banda coral de jovens que emprestavam as suas vozes acompanhando Pureza Wafino, Raquel, Lena Bravo, Onésia Muholove, Moreira, Companhia de Canto e Dança Xindiro, sustentados pelos instrumentistas Hélder Gonzaga (baixo), Vando Infante (bateria), Nicolau Cauaneque (piano) e Alcídio Pires (percussão). O xigubo, mapiko, funk e um acompanhamento de coreografia livre na plateia preencheram a fantástica noite do Centro Cultural Franço-Moçambicano testemunhada por muitos espectadores, incluindo o mais recente embaixador francês no país, Yan.

“Trouxemos este concerto que na verdade é único, porque acreditamos que podemos viver em paz. Cantamos e dançamos porque estamos em paz e as pessoas que vieram nos assistir também estão em paz. É tudo que queremos para este povo maravilhoso. Em 1962, um grupo de jovens decidiu lutar por Moçambique. Por isso nós acreditamos que é possível termos paz e estes sons que mesclam vozes e ritmos de Moçambique são a prova disso. Decidimos mandar essa mensagem através da junção em palco de figuras incontornáveis como Pureza Wafino, uma cantora que eu cresci a ouvir na Rádio Moçambique, Hélder Gonzaga que foi assistente deste álbum, um grupo de coristas jovens que eu considero o futuro de Moçambique. Devo reconhecer que, para além de ter a casa cheia, tivemos uma plateia fantástica, com respeito e que estava preparada para ouvir algo novo”. Questionado sobre os próximos passos concernentes à promoção do disco “Sounds of peace” (ou sons da paz”, Moreira Chonguiça afirma que no dia 25 de Novembro vai actuar no Festival Joy of Jazz, na África do Sul. “Temos igualmente actuações agendadas para algumas províncias no país e que brevemente daremos a conhecer. O disco já está disponível nas várias plataformas”.  Leia mais…

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo