Artes & Letras

Gostaria de acabar com as rivalidades entre os músicos

Domingos Macamo foi na última sexta-feira reeleito ao cargo de Secretário-Geral da Associação dos Músicos Moçambicanos (AMMO), por mais quatro anos e coloca-se já o desafio de apetrechar as instalações, criar  delegações provinciais e acabar com as rivalidades existentes no seio músicos.

Macamo revelou este desejo durante a realização da V Conferência Nacional da AMMO, que durou dois dias e culminou com a sua recondução ao cargo de Secretário-Geral.

Samuel Munguambe, popularmente conhecido por Yana, era o opositor de Domingos Macamo que num total de 43 votos dos delegados províncias conseguiu 35, deixando para atrás o seu adversário com apenas 8 votos.

“Estou feliz por ter sido reeleito. Para mim significa poder dar continuidade ao trabalho que já tínhamos começado. Vamos poder lutar para acabar as rivalidades entre os músicos”, disse Macamo.

Fazendo um rescaldo do mandato anterior, Macamo afirma que maior destaque foi o resgate da imagem dos artistas moçambicanos, a criação de delegações em quase todas as províncias do país e a montagem de um estúdio de ensaios e gravação na sede da associação.

“Antes a classe artística era mal vista pela sociedade, era quase sempre associada a “marginalidade”. Entretanto, com a realização dos seminários de sensibilização sobre ética e deontologia profissional dos músicos foi possível melhorar isso”.

Yana, candidato derrotado ao cargo desecretário-geralpela terceira vez, afirmou que o processo de votação registou falta de credibilidade e transparência, por não ter havido uma comissão eleitoral assim como o não cumprimento da data de entrega de candidaturas.

“É importante que os músicos tenham também o direito ao voto, pois são eles que pagam as quotas. Enquanto isso não acontecer e o processo de votação estar a cargo dos delegados das províncias, não haverá uma nova direcção”, disse Yana.

Yana felicitou o vencedor e chamou atenção a necessidade da criação de atractivos para os músicos aderirem à associação. Entretanto, garantiu que sempre que for possível irá concorrer ao cargo de Secretário-Geral da AMMO com vista a aplicar as suas ideias. 

Refira-se que na V Conferência Nacional da AMMO foram igualmente apresentados relatórios de actividades das delegações provinciais, do secretariado e o relatório financeiro relativo ao período em que o antigo elenco esteve em frente dos destinos daquela associação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo