Artes & Letras

Celebrado Dia Internacional de Monumentos e Sítios

Foi celebrado recentemente,  a 18 de Abril, o Dia Internacional de Monumentos e Sítios.  A data for instituída em 1982 pelo Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS) e aprovada no seguinte ano pela UNESCO.

A celebração teve a particularidade de ocorrer num ano em que o ICOMOS festeja cinquenta anos da sua criação e decorreu sob o lema “Monumentos e Sítios: Conhecer, Explorar, Partilhar”.

Por ocasião da data, o Ministério da Cultura e turismo apelou aos gestores, admiradores dos bens imóveis do património cultural, aos parceiros desta área e a todos cidadãos em geral, particularmente aos docentes e discentes e outros, a se envolverem na efeméride promovendo actividades à partir de ontem e estendendo-as por todo o ano.

As actividades centram-se em aumentar a consciência pública relativamente à diversidade dos Monumentos, Conjuntos e Sítios em Moçambique, divulgação da importância destes bens do património cultural, centrada nos atributos e valores a eles associados e ainda partilhar os esforços e experiências para a sua protecção, conservação e valorização.

O Ministério da Cultura e Turismo pretende   promover os monumentos e sítios históricos, valorizar o património cultural e alertar ao público em geral para a necessidade da conservação, protecção e valorização dos bens do património cultural.

Por ocasião da data  foram realizadas iniciativas diversas e localizadas de celebração da data, incluindo visitas guiadas nos monumentos, com destaque à organizada pelo Comité Nacional do ICOMOS em Moçambique, que consiste num itinerário, com estudantes e entusiastas do património cultural, a algumas Pinturas Rupestres situadas na Província de Nampula.

Este sector incentiva a toda a sociedade a planificar, organizar e implementar, para além de ontem, actividades e jornadas de natureza diversa, promovendo o respeito, a conservação e a valorização do património, que pode ser no ensino formal ou na educação informal ou formal e as visitas turísticas constituem formas de valorização do património cultural.

    

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo