Artes & Letras

Artistas brilham na estreia do Festival Marrabenta

Arrancou ontem, na Praça da Independência, localizada na cidade de Maputo, a 8ª edição do Festival de Marrabenta, cujo objectivo é resgatar atitude do gosto por esse género musical, criando oportunidades de debate e difusão da sua importância.

Artistas como Pedro Ben (figura principal), Liloca, Mr. Bow,Orquestra Djambo, Dilon Djindje, Stewart Sukuma, Alberto Mutcheca, Zé Barata, Antoninho Mahengane, Xidiminguana, Dj Ardiles e Mr. Kuka, e muitos outros, passearam sua classe no concerto  de abertura realizado ontem.

Paulo Sithoe, director do laboratório de ideias que organiza o festival,  a hora escolhida para início dos shows, 15h30,   visa permitir  que famílias se possam fazer aos mesmos. “Essa hora é para permitir que as famílias se façam presentes nos concertos. E também para que possam terminar cedo, pois só assim poderão regressar às suas casas sem problemas de transporte” .

A cantora Liloca, que participa no evento pela primeira vez referiu durante a conferência de imprensa  que sentia-se feliz. “ Sinto-me feliz em poder participar num festival desta dimensão, por isso darei o meu máximo e mostrarei o que é ser moçambicana”.

Por seu turno, Mr. Bow que participa pela terceira vez ,  afirmou que “a ideia era mostrar ao povo que me sinto orgulhoso por ser fazedor deste ritmo e que em Moçambique se faz boa música que pode ser exportada”.

O Festival Marrabenta continua nos próximos dias 2, 3, 5 e 7, em Marracuene (Gwazamuthini), Matalane, Matola, e Xai-Xai, respectivamente.

Estão programados ainda estúdios abertos para a promoção do intercâmbio, com jovens bandas e músicos em geral, três workshops sobre música, dança, historia, entre outras actividades.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo