Artes & Letras

Almiro Lobo retrata parte da história em livro

Moçambique em textos portugueses do século XVIII (1754-1758) é o título do livro que será lançado próxima quarta-feira, dia 23 de Abril (coincidentemente, Dia Mundial do livro), no Anfiteatro da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da UEM. A obra é da autoria de Almiro Lobo e sai sob chancela da Imprensa Universitária.

A apresentação do livro estará a cargo de Joel das Neves Tembe, Director do Arquivo Histórico da UEM. O livro “Moçambique em textos portugueses do século XVIII (1754-1758)” é o terceiro de Almiro Lobo.

Com prefácio de  Carlos Serra, o, livro junta três documentos manuscritos em 1754 e 1758 sobre Moçambique, num período em que o conflito de interesses entre baneanes e portugueses se agudizava e o processo de ocupação colonial ganhava uma dinâmica diferente com a ascensão ao poder do Marquês de Pombal, em Portugal. Os três textos, recolhidos e fixados por Almiro Lobo, dão a conhecer, entre outros elementos, estratégias de construção do auto-retrato e da imagem da alteridade. Os baneanes e os portugueses falam de si próprios e constroem o retrato dos naturais de Moçambique. São, por conseguinte, um contributo importante para o conhecimento da História das Ideias e da História de Moçambique.

Professor Auxiliar no Departamento de Linguística e Literatura da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da UEM, Almiro Lobo publicou, sob a chancela da Imprensa Universitária, a obra A Escrita do Real, em 1999, e Leituras Ensaiadas, em 2013.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo