PASSAGEM DO ANO: Movimento fronteiriço atinge pico durante o fim-de-semana

Texto de Benjamim Wilson
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
A movimentação de viajantes através da fronteira de Ressano Garcia, posto de travessia que liga Moçambique e a África do Sul, pode registar durante o corrente fim-de-semana um aumento de intensidade por ocasião da passagem do ano.

Na véspera do Dia da Família e de Natal, para os cristãos, verificou-se um intenso movimento de viajantes. Na primeira fase da “Operação Khurula” atravessaram para o território nacional 28.181 pessoas, enquanto no sentido inverso foram registadas 7867, totalizando 36.048 em ambas as direcções.

O chefe do Posto de Migração da fronteira de Ressano Garcia, Pedro Pene, admitiu que algumas pessoas que preferiram passar o Natal na vizinha África Sul provavelmente quererão assinalar a transição em Moçambique, sendo de esperar que o movimento se intensifique entre sábado e domingo.

Até sexta-feira o movimento não estava muito intenso, conforme constatou domingo, mas as autoridades da Migração estimavam que o cenário pudesse mudar a partir de ontem.

Desde o início da “Operação Khurula”, a 13 de Dezembro, até o dia 28 de Dezembro, o posto fronteiriço registou 168.965 viajantes de Moçambique para a África do Sul e, no mesmo período, no sentido inverso 91.864 pessoas.

Leia mais...

Pub