– José Domingos Manuel, secretário-geral

O secretário-geral do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) disse ao domingo que o ano de 2018 fica marcado pelo desaire do seu partido resultante do facto de ter confiado naqueles que apelidou de traidores que se serviram do seu partido para alimentarem os seus apetites umbilicais.

José Domingos estava a avaliar, a nosso pedido, o funcionamento do seu partido em 2018, desde a organização interna, crescimento, contribuição que entende que faz para a democracia e democraticidade do país, para o desenvolvimento da consciência e unidade nacionais e desenvolvimento económico, na qualidade de terceira força política de Moçambique.

O secretário-geral do MDM diz que o seu partido está a funcionar a contento“a partir do momento emque conseguimos trabalharmesmo com tentativas devárias formas para nos eliminarem”, disse, sem adiantar mais detalhes.

Texto de Pedro Nacuo

pedro.nacuo @snoticias.co.mz

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 287 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas