Arrancaram esta manhã em Maputo os trabalhos da VIII Sessão Ordinária da Assembleia da República (AR), que se vão prolongar até 20 de Dezembro, com os discursos de praxe da presidente do órgão, Verónica Macamo Dlhovo, e das três chefias das bancadas, Margarida Talapa, da Frelimo, Maria Ivone Soares, da Renamo, e Lutero Simango, do Movimento Democrático de Moçambique (MDM).

Em discurso de ocasião, a presidente do parlamento apelou aos deputados a despenderem energias, dedicação e empenho nos debates em torno da produção legislativa e da fiscalização da acção governativa, “debate que seguramente será sustentado pela matéria-prima trazida dos círculos eleitorais”.

Destacou a realização das V eleições autárquicas de 10 de Outubro corrente, nos 53 municípios, como tendo sido um marco importante desde a última até à presente sessão ordinária que decorreram sob o novo quadro jurídico aprovado por aquela magna casa.

Por sua vez, Margarida Talapa, chefe da Bancada da Frelimo, afirmou que a sua formação política aguardava ansiosa e serenamente a publicação dos resultados definitivos ao mesmo tempo que felicitava os eleitores de todos os municípios do país, que uma vez mais depositaram o seu voto de confiança na Frelimo.

Maria Ivone Soares foi a única que falou em desabono das V eleições autárquicas, dizendo que o processo eleitoral foi caracterizado por diversas irregularidades, destacando o alegado impedimento da realização de campanha pela oposição, detenção dos seus membros e simpatizantes, baleamentos e viciação de resultados.

Tal como a chefe da Bancada da Frelimo, Lutero Simango, que assume as mesmas funções no MDM, destacou que as eleições expressaram a vontade de consolidar a democracia e que o desejo popular manifestado através do voto deve ser respeitado, ao mesmo tempo que felicitava os vencedores justos de cada autarquia, “glória aos vencedores e honra aos vencidos”.

A sessão será corporizada por um total de 32 pontos, incluindo as informações e perguntas ao Governo, com destaque para a informação anual do Chefe de Estado sobre a situação da Nação, propostas do Plano Económico Social e o Orçamento para o ano de 2019.

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique