Nada de brigadas de trânsito fantasmas

O vice-comandante geral da Polícia da República de Moçambique, Timóteo Bernardo, não podia ter sido mais contundente, semana finda, durante o lançamento da Operação Kurhula (paz). E passo a citar: “Nesta quadra festiva não queremos ver brigadas da Polícia de Trânsito fantasmas fazendo road-blocks no trajecto fronteira de Ressano Garcia/Cidade de Maputo. Como não queremos os nossos agentes escondidos entre as árvores. Actos de corrupção não serão tolerados. Estarão sob permanente vigilância”.

Como se pode depreender, o aviso à navegação é válido para todo o país. Pessoalmente gostei do conselho porque não se utilizou a famosa frase… “tolerância zero”. Admito que é uma expressão linda mas o tempo se encarregou de carcomê-la. 

André Matola

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

Pub