Um total de 79 estrangeiros de diversas nacionalidades foi impedido de entrar no território moçambicano, de 13 de Dezembro a 8 De Janeiro corrente, devido a irregularidades de vária ordem, de entre as quais o porte de vistos falsos.

Falta de clareza quanto aos motivos da vinda a Moçambique e falta de meios de subsistência são algumas das irregularidades detectadas pelas autoridades.

Das diversas nacionalidades, destacam-se 13 egípcios, 11 nigerianos e oito camaroneses. Os dados foram revelados, sexta-feira, no posto administrativo de Ressano Garcia, distrito de Moamba, província meridional de Maputo, durante a cerimónia de encerramento da “Operação Bwerane”.

Leia mais...


Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique