Aceso rastilho sobre Jerusalém

. Israelitas e palestinianos podem desenterrar o machado de guerra, após polémica decisão de Donald Trump

Quando todo o mundo olhava para o Médio Oriente com uma ténue esperança no processo de paz, envolvendo a Palestina e Israel, o Presidente norte-americano, Donald Trump, declarou Jerusalém, a cidade santa, como a capital do Estado judeu, desencadeando ondas de choque que estão a colocar o mundo inteiro em polvorosa. Há receio de uma nova intifada.

A decisão do estadista americano é já classificada como “prenda de Natal “ ao Estado de Israel, contudo poderá reacender a Intifada.

Na passada quinta-feira, o Hamas, um movimento radical, declarou: “Para enfrentar a política sionista apoiada pelos Estados-Unidos, só nos resta lançar uma nova Intifada”.

E os efeitos não se fizeram esperar. Agências internacionais referem que milhares de palestinianos protestaram, dezenas ficaram feridas e dois morreram nos confrontos com tropas israelitas.

Os confrontos resultam do anúncio, quarta-feira, pelo Presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Donald Trump, da transferência da embaixada americana para Jerusalém, a cidade sagrada.

A mudança é vista como transferência tácita da capital de Israel de Telavive para Jerusalém, cujo território é também reivindicado pelos palestinianos para capital de seu futuro Estado.

Leia mais...

Editorial

Carreiras dos professores primários e secundários
domingo, 07 janeiro 2018, 00:00
Decididamente, 2018 poderá ser ano memorável para os professores dos ensinos primário e secundário, com a introdução, em breve, de carreiras profissionais, medida... Leia Mais

Versão-Impressa


Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 332 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador