ESCÂNDALO ATRÁS DE ESCÂNDALO: Temer acusado de corrupção e organização criminosa

• Delator disse que pagou 4,7 milhões de reais (cerca de 1,5 milhões de euros) a Temer entre 2010 e 2017

• Procurador-geral classifica as conversas do presidente de “estarrecedoras”. Delator Joesley Batista cita também Lula e Dilma

O Presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB), foi sexta-feira formalmente acusado de corrupção, organização criminosa e obstrução à justiça pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por provas entretanto consideradas “consistentes” por Edson Fachin, o juiz relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal. Janot classificou as conversas de Temer com o delator Joesley Batista, dono do gigante da área alimentar JBS, de “estarrecedoras”. Até ao meio da tarde de sexta-feira já tinham avançado 12 pedidos de impeachment do presidente e três partidos abandonado a base aliada do governo.

Versão-Impressa


Editorial

O Metical
domingo, 18 junho 2017, 00:00
Na semana passada celebrámos o 16 de Junho, dia da criação da nossa moeda, o Metical. Com efeito, o Metical nasceu a 16 de Junho de 1980, num processo de troca do escudo... Leia Mais

Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 301 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador