OPresidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, anunciou ontem que o Memorando de Entendimento atinente ao Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR) dos homens armados da Renamo, assinado em Agosto, entre o Governo e esta formação política será tornado público para conferir maior transparência ao processo, bem como dar a conhecer aos moçambicanos que devem acarinhá-lo para que tenha um desfecho positivo rumo à paz efectiva e duradoira.

O Memorando, conforme disse, para além da introdução, apresenta princípios básicos, objectivos, define os conceitos, o quadro institucional do DDR, o processo de desarmamento em si, suas fases de implementação e monitoria do processo, cronograma geral da sua implementação com os respectivos prazos.

O Chefe de Estado falava durante o lançamento oficial do processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração, testemunhado pelos peritos militares internacionais, embaixadores dos respectivos países e membros do Governo de Moçambique e da Renamo que compõem as equipas criadas para o efeito.

Texto de Domingos Nhaúle

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique